Maringaense de 13 anos ajuda a desenvolver aplicativo premiado pela USP

Cecília tem 13 anos e conquistou o 1º lugar no programa TechNovation for Girls

O aplicativo Emília foi desenvolvido por quatro meninas, com idades entre 13 e 15 anos, para ajudar a diminuir os índices de analfabetismo na população brasileira. Com uma missão nobre, o app nasceu no Technovation For Girls – Summer School, que aconteceu de forma online entre fevereiro e abril deste ano, e conquistou o primeiro lugar na categoria Júnior para concorrer internacionalmente, representando a América Latina.

A ideia da equipe, que se chama Teen Tech, surgiu com base em debates para contornar e resolver problemas locais
A Tech School é uma iniciativa da Universidade de São Paulo (USP), totalmente gratuita, para ensinar a meninas de 8 a 18 anos de todo o Brasil, métodos e competências inovadoras para desenvolver aplicativos que ajudem a solucionar problemas
A premiação da etapa local aconteceu no dia 30 de abril e foi uma bela surpresa para Cecília Zanlorenssi Herold. “Foram muitas semanas de dedicação, estudo, aprendizagem e até noites sem dormir, mas valeu muito a pena quando fomos selecionadas!”, afirma.
A ideia da equipe, que se chama Teen Tech, surgiu com base em debates para contornar e resolver problemas locais. O analfabetismo surgiu em uma dessas trocas e logo o app ganhou vida e um nome em homenagem à pedagoga argentina Emília Ferrero. “Nosso objetivo é contribuir para a educação e oferecer ferramentas para ajudar professores e tornar a aprendizagem mais interessante, com uso da tecnologia”, comenta a estudante.

Próximos passos

Ansiosa pela chegada da etapa internacional, Cecília, que é aluna do Colégio Marista de Maringá, avalia abraçar novos interesses e áreas, já que sonhava em cursar Direito, mas agora isso pode mudar. “Eu sempre fui bem em matemática e participar do workshop me mostrou que existem muitas áreas para serem exploradas. Sempre gostei de jogos, aplicativos e inclusive virei monitora de Matemática no colégio”, revela.
Fonte Ric Mais

Maringaense de 13 anos ajuda a desenvolver aplicativo premiado pela USP

Verifique também

VEÍCULO CAPOTA E NELE É ENCONTRADO MAIS DE MEIO KG DE MACONHA

Fomos informado pelo usuário da via que na Rodovia Estadual Pr 492 entre Paraíso do …

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

%d blogueiros gostam disto: